Filme do dia: Mar Aberto

mar-abertoMar Aberto (Open Water) é um filme (fracamente) baseado em fatos reais em que um casal viaja de férias para um resort tropical, onde decidem sair para mergulhar e são esquecidos na água.

Logo no início do filme, o espectador já é surpreendido com uma cena de nudez totalmente desnecessária e sem sentido. Daí pra frente as coisas só pioram. O filme consegue te deixar numa situação tão desagradável quanto à dos personagens boiando entre os tubarões em alto-mar. Depois de quase uma hora de ondas, o enjoo pode se tornar presente de tanto balançar das ondas nas cenas.

O filme termina de forma surpreendentemente decepcionante (espero que isso não seja um spoiler, se você ainda cogitar assisti-lo). E acredite, a decepção era tão presente e generalizada no fim da sessão do cinema, que as pessoas reclamavam com desconhecidos. Gerou aquele sentimento de união por estarem passando uma mesma situação difícil, sabe? Impressionante.

Alguns dizem que o filme trata da fragilidade psicológica humana, eu até acredito, mas acho que foi um acaso do roteiro, pois de resto o filme é tão ruim que não imagino que tenha sido proposital.

E pra completar, como o filme era uma produção de baixo custo (falam em $130,000), foram utilizadas câmeras que produziram imagens com cara de filmagem dos anos 90.

Conclusão, este é o pior filme que eu já vi. Falei dele aqui apenas para estrear a pior classificação existente na nossa escala e lhe prevenir de perder seu tempo, espero que não seja tarde.

Avaliação:
     
Fortemente desaconselhado

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: